Portalegre | Selecções do Reader's Digest

Portalegre

Na Casa-Museu José Régio pode apreciar os objectos de arte popular e sacra que este escritor reuniu ao longo da sua vida. Visite a Feira dos Porcos na última quarta-feira de Janeiro.

Portalegre - Onde o olhar se espraia pela grande planície

Num planalto encostado à serra de São Mamede, 58 km a norte de Estremoz e 93 km a sul de Castelo Branco, Portalegre estende o seu olhar pela grande peneplanície alentejana.

O grande escritor português José Régio aqui passou toda a sua vida de professor (1928-1962), tendo desenvolvido uma importante actividade literária. Começou por alugar um quarto na Pensão 21 e, nos tempos livres, foi-se dedicando a coleccionar objectos de arte popular e de arte sacra, o que o levou a alugar outro quarto para pôr as coisas, depois outro e outro até ser o único inquilino da pensão. Mais tarde, a Câmara comprou a colecção e a pensão, transformando-a em Casa-Museu José Régio, de visita obrigatória.

Zona de passagem desde épocas antigas, o nome de Portus Alacer (alegre) encontra-se documentado pelo menos desde o foral concedido por D. Afonso m em 1259. É o seu filho D. Dinis quem, em finais do século XIII, manda edificar a muralha mais antiga, a qual ainda conserva três torres e três portas: de Alegrete, do Crato e da Devesa. Mas o esplendor surge no século XVI, reinando D. João III, que obtém do papa a criação da diocese em 1549 e no ano seguinte a eleva a cidade. Por detrás deste impulso, está o bispo da Guarda, D. Jorge de Melo, que teimou em nunca ir à Guarda e residir sempre em Portalegre. Tendo sido abade de Alcobaça, afastado por D. Manuel I, fundou nesta cidade o Mosteiro Cistercience de São Bernardo, onde está sepultado em monumental túmulo de características renascentistas

Usando como sé a antiga Igreja de Santa Maria do Castelo, cedo se tomou a decisão de construir um templo de maior dimensão e ao gosto da época. Surge assim a Sé de Portalegre, que D. Frei Amador Arrais vai dotar do maior conjunto de pintura maneirista portuguesa e paramentos ingleses do século XVI, sendo a fachada remodelada no século XVIII.

Passeando pela cidade, podem descobrir-se outros edifícios dos séculos XVII e XVIII, como as Igrejas de São Lourenço e do Senhor do Bonfim, com a sua colecção de azulejos e talha, ou os solares com os seus brasões de armas, como o Palácio Achioli (Escola Superior de Educação), o Palácio Amarelo ou o Palácio Avilez (Governo Civil). A não perder também o Museu da Cidade, onde pode ver o primeiro automóvel que circulou em Portalegre (1901) e um invulgar conjunto de caixas de rapé, para além de uma boa colecção de arte sacra que inclui cerca de 300 imagens de Santo António do século XV ao XX.

Todavia, não fica com uma ideia exacta da cidade sem visitar duas das indústrias por que é conhecida: a Fábrica Robinson, com a sua exposição permanente de objectos de cortiça, e a Fábrica de Tapeçarias, herdeira da antiga tradição têxtil que trouxe fama e prosperidade a esta região. Siga também o apelo da serra, subindo a estrada encaracolada e preguiçosa que o leva à zona mais alta do Alentejo, à descoberta da sua paisagem natural e das espécies que aí habitam, dos sons e da força tranquila da Natureza.

Agora que são horas de sentar à mesa e porque a gastronomia também é cultura, não deixe de provar os enchidos e o sarapatel, a sopa gata e a alhada de cação, o ensopado de borrego ou as migas, tudo regado com os bons vinhos da região. À sobremesa, deixe-se levar pelos rebuçados de ovos, o toucinho-do-céu ou os pastéis de Santa Clara, as boleimas ou os bolos fintos. Depois... aconselha-se repouso sob o plátano do Rossio. Plantado em 1848, tem 21 m de altura, 32 m de diâmetro, 5 m de perímetro de tronco, 100 m de perímetro de copa e 800 m2 de área. O suficiente para acolher a família e os amigos...

Onde comer

- Restaurante Grill Rolo, Avenida Pio XII, lote 7, r/c; Portalegre. Tel. 245 205 646.

- Restaurante Abrigo, Rua de Elvas, 74, Portalegre. Tel. 245331 658.

- Restaurante Império, Rua 25 de Abril. 14. Bairro do Atalaião, Portalegre. Tel. 245 203 852.

Onde dormir

- Quinta das Varandas (turismo rural), serra de São Mamede, Portalegre. Tel. 245 208 881

- Solar das Avencas, Parque Miguel Bombarda, 11, Portalegre. Tel. 245201 028.

- Monte dos Apóstolos (turismo rural), Urra. Tel. 245 30 1 180/9.

- Mansão Alto Alentejo, Rua 19 de junho, Portalegre. Tel. 245 202 290.

Festas e Feiras

- Feira dos Porcos, última quarta-feira de Janeiro.

- Festa da Senhora da Penha, 2.° domingo de Maio.

- Festas da Cidade, 23 de Maio.

- Feira das Actividades Económicas, em Maio.

- Festa dos Aventais, na serra de São Mamede, último domingo de Maio.

- Festa das Cerejas, 5 a 7 de junho.

- Feira das Cebolas, 13 a15 de Setembro.

- Festa de Nossa Senhora do Bonfim, 25 e 26 de Setembro.

- Feira das Velharias, último sábado de cada mês.

Vote it up
1
Gosta deste Artigo?Vote!

Faça um Comentário

  

 

 

 

Loja

 

Magnesium€ 39,60

1001 remédios caseiros Prostate € 54,90
Brain Essentials € 29,85 Termómetro Digital Beurer FT 60 € 49,95
Ultramax Collagen€ 39,60 Gingko-Go!€ 34,95
Visite o site das Marcas de Confiança

 

 

 

 
 
 

Newsletter

Precisa-se: Uma Boa História!

Escreva-nos e poderá ganhar:

50€ por cada história verídica e inédita que for publicada em Flagrantes da Vida Real.
20€ por cada texto publicado em Rir é o Melhor Remédio.

Envie-nos!

 

 
 

Newsletter